domingo, 20 de março de 2011

Jigme Khyentse Rinpoche


    

    Jigme Khyentse Rinpoche é um mestre tibetano que segue a tradição dos ensinamentos do Buda que foram traduzidos no Tibet no século 8. Rinpoche nasceu em 1963 e é o terceiro filho de Kangyur Rinpoche, ele foi reconhecido por Dilgo Khyentse Rinpoche, Dudjom Rinpoche e por S.S. o 16˚ Gyalwa Karmapa como uma reencarnação de Khatog Dzongsar Jamyang Khyentse Chokyi Lodro Rinpoche (1893-1959), este um dos maiores mestres tibetano do século passado.

    Jigme Khyentse Rinpoche passou sua infancia em Darjeeling na India. Ele completou os estudos tradicionais budistas primeiramente com seu pai e depois passou muito de seu tempo na India, Nepal e Butão com Dilgo Khyentse Rinpoche, Dudjom Rinpoche e muitos outros grandes mestres da tradição budista tibetano. Entre seus atuais professores estão Trulshik Rinpoche, S.S. Sakya Trizin Rinpoche, Tenga Rinpoche, seu irmão Tulku Pema Wangyal Rinpoche  e Dzongsar Khyentse Rinpoche, mestres que podem ser considerados autênticos amigos espirituais.

    Em 1980, Rinpoche mudou-se para a Europa com sua mãe e o resto de sua familia, ele reside em Dordogne, na França, e conduz retiros e seminários com seus dois irmãos mais velhos Tulku Pema Wangyal e Rangdrol Rinpoche no Centro de Estudos Chanteloube, o centro de retiros fundado por Dilgo Khyentse Rinpoche no ocidente. Rinpoche fala, alem do tibetano, fluentemente o ingles e o francês e ensina regularmente na europa, EUA, Canadá e Austrália, eventualmente vem ao Brasil.

    Rinpoche é um dos responsáveis pelos projetos do Grupo de Tradução Padmakara, onde supervisiona as traduções dos textos tibetanos para línguas ocidentais. Entre as muitas e preciosas obras traduzidas, encontram-se “As Palavras do Meu Professor Perfeito” de Patrul Rinpoche e “Food of Bodhisattvas” (“Comida dos Bodisatvas”, ainda sem uma versao em portugues) de Shabkar.

    Jigme Khyentse Rinpoche é estritamente vegetariano.

Nenhum comentário: