quarta-feira, 27 de julho de 2011

O Corpo

Dilgo Khyentse Rinpoche

 
"É uma perda de tempo dedicar tantos cuidados ao corpo e alimentá-lo com delicadas iguarias, vesti-lo com roupas elegantes e tentar fazê-lo parecer mais jovem! O corpo destina-se ao cemitério e será cremado, enterrado ou servirá de pasto para os abutres."

"A partir do momento em que temos o que vestir para nos proteger do frio e o que comer para manter esta existência tão preciosa, por que desejamos tanta coisa supérflua? Nossos ancestrais espirituais se contentavam em ter o suficiente para viver. Eles não cobiçavam se paramentar com roupas luxuosas, nem se alimentar com pratos caros e refinados. E caçoavam desmedidamente do conforto, da fama e das conversas mundanas."

Dilgo Khyentse Rinpoche em "Os Cem Conselhos de Padampa Sangye"

Nenhum comentário: