sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Mingyur Rinpoche envia uma carta de seu retiro

Lapchi


Para a minha amorosa e compassiva mãe, minha família, monastérios e todos os meus alunos,

Devido às bênçãos de todos os lamas, estou com muito boa saúde e não encontrei obstáculos. Tenho praticado em vários locais de retiro remotos.

Mãe, eu quero te assegurar que não há necessidade de se preocupar comigo. Por favor, medite, pratique e faça retiro tanto quanto você puder.

Peço a todos os que vivem nos monastérios que sejam harmoniosos e mantenham a pura disciplina. Por essa razão, sempre escutem, reflitam e meditem, e mantenham sua ligação com a linhagem tanto quanto forem capazes.

Para todos os alunos com quem tenho uma ligação, peço que vocês perseverem, tanto quanto possível, na sua prática de bondade amorosa e compaixão, samatha, vipasyana, ngöndro, etc, e especialmente se vocês tiverem tempo, façam retiro tanto quanto puderem, independentemente de quão longo ou curto ele seja. Não se esqueçam de praticar todos os dias de sua vida, fazer amizade com todas as adversidades e acolher tudo o que acontecer no caminho.

Finalmente, como já mencionei, como minha saúde tem sido boa, onde quer que eu vá tenho praticado sem contratempos e minha experiência esta florescendo, por isso não há necessidade de qualquer um de vocês se preocuparem comigo! Do meu lado, irei mantê-los sempre em meu coração e em minhas orações. Logo vamos todos nos encontrar e ficarmos juntos novamente.


Lapchi

Este texto foi respeitosamente escrito por Mingyur Tulku na terra nevada de Lapchi, o lugar santo de prática do grande yogi Milarepa.


Lapchi 

Tradução do tibetano para o inglês de Daniela Labra.

Mingyur Rinpoche está atualmente em um prolongado retiro solitário no Himalaia. Na verdade, ninguém sabe exatamente onde ele está. Na tradição dos grandes mestres de meditação de tempos passados, ele está vagando livremente sem nenhum plano fixo ou agenda. Seus únicos companheiros são o compromisso inabalável com o caminho para a iluminação e o desejo sincero de beneficiar os outros. Durante todo esse período, ele provavelmente usará seu tempo meditando em cavernas e ermidas em lugares remotos. Enquanto isso, a Comunidade de Meditação Tergar continua a prosperar em sua ausência. Lamas e instrutores Tergar estão oferecendo cursos de meditação e retiros em todo o mundo (inclusive online) e há muitos grupos e centros que continuam seguindo seus ensinamentos. Esperamos que Rinpoche retorne no final de 2014 ou início de 2015.

A carta acima foi recebida em novembro de 2012.


Nota: O texto acima foi postado no Facebook do Grupo Tergar -SP.
As fotos de Lapchi não fazem parte da carta original e apenas ilustram este post, foram encontradas no blog Gomchen 
Mingyur Rinpoche escreveu uma carta a seus alunos quando estava para entrar em retiro, postada aqui no quietamente .

Nenhum comentário: