terça-feira, 31 de julho de 2012

A vida como caminho

Rigdzin Jigme Lingpa

    Se o meditador é capaz de usar como caminho tudo que lhe acontece na vida, seja o que for, seu corpo passa a ser uma cabana de retiro. Ele não precisa aumentar o número de anos que passou meditando e não entra em pânico quando surgem pensamentos ‘chocantes’. Sua consciência continua firme como a de um velho observando uma criança brincar. Como diz um texto do Maha-Ati, "a realização absoluta é como o espaço imutável".
   
                                                                                            Jigme Lingpa

Nenhum comentário: